A promoção da equidade em termos de gênero, raça, sexualidade e diferenças de capacidade tem sido uma exigência em todos os âmbitos sociais, o que tem nos provocado a colocar no centro das reflexões jurídicas os debates sobre Direitos Humanos e Minorias.

Considerando o estado de crise, bem como os atuais desafios inerentes à defesa dos interesses de extratos sociais vulnerabilizados, a Terceiro Andar Educacional e o Movimento Nacional das Mulheres do Ministério Público propõem o curso de Pós Graduação Lato Sensu em Direitos Humanos e Minorias com o objetivo de construir bases sólidas para o desenvolvimento de sujeitos aptos a conviverem coletivamente e munidos de destreza para enfrentar questões relacionadas à diferença.

Trabalhar a equidade é a possibilidade de criar caminhos para a autonomia e emancipação para construção de uma sociedade mais saudável e menos desigual nos aspectos materiais e de violência. Assim, torna-se necessário e urgente aprender, ensinar, empoderar e conscientizar para que sejam desenvolvidas linguagens em termos de Direitos Humanos como inflexão ética de igualdade, justiça e solidariedade.

Uma vez apresentadas nossas considerações iniciais, é coberta de orgulho que a nossa equipe anuncia o

Curso de especialização lato sensu em direitos humanos e minorias

e convida você a juntar-se a nós nessa jornada.